Moyarte. Mônica Yamagawa.
Mônica Yamagawa
Home: página inicialMoyarte: perfil no FacebookMoyarte: perfil no InstagramMoyarte: perfil no Twitter
contato@moyarte.com.br

Centro de São Paulo

verbetes: letra M

dicionário online sobre o centro de são paulo

atualizado em: 30 de setembro de 2021

 

home > dicionário > verbetes: letra M

Os verbetes sem descritivo, como exemplo "Matheus Ferraz Cantinho (? Coutinho)", possui página individual, clique sobre o verbete para acessar o conteúdo.

Os verbetes com descritivos, como o exemplo "MANOEL JOAQUIM DE VASCONCELLOS", por enquanto, não possui página individual, as informações disponíveis são as mencionadas nesta página.

 

Como citar essa página em seu artigo acadêmico:

YAMAGAWA, Mônica. Verbetes: letra M - Dicionário Online Sobre o Centro de São Paulo. Moyarte. Disponível em: <http://www.moyarte.com.br/centro-de-sao-paulo/dicionario-do-centro-de-sao-paulo/indice-dicionario.html>. Acesso em: 23 Set. 2021.
[Em "Acesso em", indicar a data de consulta, data de acesso ao site].

 


letra LMletra N


 

MACHADO, LOURENÇO DIAS: Primeiro vigário de São Paulo, assumiu a Paróquia de São Paulo (criada em 26 de agosto de 1588), em 1591.

MADAME POMMÉRY: Bibliografia:  GUIA FIQUE EM SÃO PAULO NO FIM DE SEMANA. São Paulo: Publifolha / AF Comunicações, 2001, p.104.

MAGALHÃES, JOSÉ VIEIRA COUTO: Em abril de 1856, era professor de Filosofia no Lycêo Paulistano.

MAIA, Antonio Gonçalves

MAIA, JOAQUIM JOSÉ PEDRO: Segundo anúncio de O Farol Paulistano (Nùmero 79, de 12 de janeiro de 1828), poderia ser encontrado na Rua de São Bento, em 1828. O anúncio em questão era de um escravo que fugiu de Santos e caso fosse encontrado na capital, deveria ser entregue para o Sr. Joaquim.

MAIA, JULIO JOAQUIM GONÇALVES: bacharel, em 1896 / 1897 era sub-secretário da Faculdade de Direito e secretário do curso anexo.

MAMEDE JOSÉ GOMES DA SILVA: Capelão e responsável pelo ensino religioso do Lycêo Paulistano, em 1856.

MANFREDO MEYER: Vendeu para o Estado, um terreno, em 1882, para a construção do Desinfectório Central (Rua Tenente Pena, 100).

MANOEL ANTONIO BITANCOURT: Official-maior da Secretaria da Assembléia, em 1856. Morador da Ladeira de São João.

MANOEL CAETANO DE ABREU JÚNIOR: Segundo o periódico Revista Commercial (de Santos), em publicação do dia 28 de outubro de 1850, número 7, anno II, Página 2, possuía uma loja na Rua do Rosário, n.4: "Suplemento.  Annuncios. Sahio a Luz e acha-se a venda em São Paulo, na loja do Sr. Manoel Caetano de Abreu Junior, rua do Rosário n.4, uma obra intitulada Instrucções para os Juizes Municipaes segunda de Elementos do Processo Civil. Esta obra é de summo interesse não só para aquelles que começão no foro e na magistratura a sua carreira literária, como para as pessoas que são obrigadas a servir o cargo de Juiz Municipal sem terem noções de Direito, pois além do referido ella contem muitos despachos sobre todas as causas e seus incidentes - Preço de cada volume 4$000rs."

MANOEL DE NÓBREGA: Jesuíta. Subiu ao Planalto em 1553, e com a ajuda de João Ramalho e Tibiriça, escolheu o local para a construção do colégio e igreja da Companhia de Jesus. Morre em 18 de outubro de 1570, aos 58 anos, no Rio de Janeiro.

MANOEL DIAS DE TOLLEDO: Estudante matriculado no primeiro ano (em 1828) no Curso Jurídico de São Paulo.

MANOEL JOAQUIM DE VASCONCELLOS: Alferes, morava no Largo da Misericórdia, defronte ao Chafariz (1829). [O Farol Paulistano, número 180, de 14 de janeiro de 1829].

MANOEL PAIVA: Jesuíta, superior na Companhia de Jeses, celebrou a primeira missa de São Paulo, em 1554.

MANTEIGA: Com a chegada dos alemães, no final da década de 1820, o queijo e a manteiga começaram a ser produzidos na Colônia de Santo Amaro, grande parte para consumo próprio, porém, como o excedente era comercializado na "capital" (na área central de São Paulo), aos poucos, ela começou a fazer parte da mesa do paulistano (o mesmo aconteceu com a batata, que até então, nao faziam parte da mesa do paulistano).

MANUEL DA RESSURREIÇÃO, DOM FREI: 3o. Bispo de São Paulo, nomeado em 1771. A fundação do Cemitério dos Aflitos, por volta de agosto de 1775, foi uma iniciativa de Dom Frei Manuel da Ressurreição, então Bispo de São Paulo, ao assumir o cargo de provedor da Santa Casa de Misericórida.

Manuel de Atouguia

MANUEL JOAQUIM ESPERIDIÃO: Em anúncio publicado no O Farol Paulistano (número 35, de 8 de agosto de 1827), seu nome está associado ao endereço da Rua São Bento, n.2. (anúncio sobre a venda de um escravo). No número 73, de 19 de dezembro de 1827, o endereço de Esperidião também é indicado para entrega de um escravo que fugiu de Sorocaba.

Manuel Joaquim Gonçalves de Andrade, Dom

MANUEL JOSÉ GOMES: Tenente-coronel, em 1809 comprou a propriedade onde hoje está localizada a Casa da Imagem (Casa Número 1).

MAPPIN: Bibliografia: BONADIO, Maria Claudia. Moda e Sociabilidade: mulheres e consumo na São Paulo dos anos 1920. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2007.

MARCELINO DA COSTA FARCATO: Residente na Rua da Boa vista, n.47, segundo anúncio de O Farol Paulistano (de 29 de setembro de 1827, número 50).

Marcellino Gerard

Marciano Pires de Oliveira

MARIA ANTONIETA ETZEL: Filha de Arthur Etzel, neta de Antônio Etzel que durante décadas adminstraram o Jardim da Luz.

Maria Bernardina Moreira Guimarães

MARIA DA ANUNCIAÇÃO MORAIS LEME: Filha do Brigadeiro Joaquim José de Morais Leme, em 1834, ela vendeu a edificação, hoje conhecida como Solar da Marquesa, para a Marquesa de Santos.

MARIA DA GLÓRIA MOLINA QUARTIM: Filha de Antônio Bernardo Quartim.

MARIA ELYSA ELVIRA WEHRSIG: Teve um filho (Emilio Franz Eginhard Bamberg) com Luiz Bamberg, que nasceu no dia 4 de junho de 1865. Segundo nota do Correio Paulistano (Anno XXII, Número 5632), faleceu em 11 de julho de 1875 - a nota menciona "D. Elvira Bamberg", esposa de Luiz Bamberg.

Maria Tudor, escultura de Luiz Brizzolara

MARMORAT, Gabriel Pierre Jules

MARQOIS (MARQUIOS), Carlos

MARQUES, ANTONIO MARIANO DE AZEVEDO: Popularmente chamado de "Mestrinho". Responsável pelo "O Paulista", 1o. periódico manuscrito de São Paulo.

MARQUÊS DE MONTE ALEGRE (JOSÉ DA COSTA CARVALHO): Fundou em 1827, "O Farol Paulistano" (1o. jornal impresso de São Paulo).

MARQUÊS DE VALENÇA: Estevão Ribeiro de Rezende, primeiro juiz de fora nomeado para a cidade de São Paulo, em 13 de maio de 1810.

MARQUES, J.R. de Azevedo

MARQUESA DE SANTOS: Sobre o tombamento do Solar da Marquesa: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio").

MARQUIOS (MARQOIS), Carlos

MARTIN, Jules (MARTIN, Victor Jules André)

Martinho Buchard (ou Martin Buchard)

MASCARENHAS, FRANCISCO DE ASSIS: Conde de São João da Palma. Um dos quatro primeiros senadores nomeados por São Paulo, em 1826.

MATEUS DE ABREU PEREIRA, DOM: 5o. Bispo de São Paulo, nomeado em 1794, fez sua entrada solene em 31 de maio de 1797.

Matheus Fernandes Cantinho

Matheus Ferraz Cantinho (? Coutinho)

MATHILDE (CATHARINA) PLANET: filha de Alexandre Planet e Catharina Planet. Nasceu em 29 de fevereiro de 1876 e foi batizada no dia 13 de agosto de 1876. Casou em 1 de junho de 1893, na Igreja da Consolação, com Benedicto Garcia.

MATTHES, Ricardo

MAURÍCIO TEIXEIRA: Frei que fundou a Abadia de São Bento (futuro Mosteiro de São Bento), em 1598.

MEDEIROS, ANTONIO JACINTO DE: Em 1830, tinha casa na Rua do Commercio, n.2 - [O Farol Paulistano, n.412, 6 de novembro de 1830].

MEE, Joseph William

MEE, Minna

MEIA-ÁGUA: Casa coberta de telhas e firmada em paredes de mão.

MEIRA, Bernardo Martins

MELCHERT, CARLOS HENRIQUE DE AGUIAR:Professor de Inglês e Francês, em 1856, no Lycêo Paulistano.

MELO, Américo Brasiliense de Almeida

MELLO, Antonio Maria Chaves e

MELLO, João Thomaz de

Mello, Sobrinho & C.

Memória, Largo da

MENDONÇA, DR. FRANCISCO MARIA DE SOUZA FURTADO DE: Foi lente catedrático, 2a. cadeira da Faculdade de Direito (5o. anno) e em 1856, residia na Descida do Porto Geral.

MENDONÇA FILHO, JOAQUIM JACINTHO: bacharel, bibliotecário da Faculdade de Direito (1896/897).

MERCADO DE SÃO JOÃO: Inaugurado em 1890, na Ladeira de São João, para a comercialização de vegetais.

MERCEARIA CASA GODINHO: Site: Casa Godinho

Messia Bicudo

Mestra de Primeira Letras

Mestrinho

Mexia, Rua do

MEYER, MANFREDO: Vendeu para o Estado, um terreno, em 1882, para a construção do Desinfectório Central (Rua Tenente Pena, 100).

Miguel Carlos, Rua do

Militão Augusto de Azevedo

MILLER, JOÃO MARTINS: Segundo anuncio de 1856 (Correio Paulistano: 4 de janeiro), morador da Rua dos Piques: "Arrematação. Pelo juizo municipal desta cidade, e cartório do escrivão abaixo assignado, a requerimento de João Martins Miller, se faz publico, que no dia 11 do corrente as 10 horas da manhã, na casa do dito Miller, rua do Piques, se hão de arrematar 3 moradas de casas avaliadas pela quantia de 10:000$000. S. Paulo 2 de janeiro de 1856. Emilio José Alvarez."

Minna Mee

MIRANDA, JOAQUIM SOARES: Guarda da Faculdade de Direito (1896 / 1897).

MISERICÓRDIA, Chafariz da

MISERICÓRDIA, Largo da

MOLINA, Thomaz de

MONTE ALEGRE, MARQUÊS (JOSÉ DA COSTA CARVALHO): Fundou em 1827, "O Farol Paulistano" (1o. jornal impresso de São Paulo).

MONTEIRO, JOÃO PEREIRA: Em 1896 / 1897, era vice-diretor da Faculdade de Direito.

Monumento a Carlos Gomes

MORAES, Caetano Antonio de

MORAES, DÁCIO DE: Arquiteto responsável pelas adaptações do Edifício Saldanha Marinho, para adaptá-lo para a sede da Companhia Paulista de Estradas de Ferro (o projeto original era de Elisiário da Cunha Bahiana).

MOREIRA ETC. SANTOS: Em 1856, de acordo com anúncio no Correio Paulistano, em sua casa/estabelecimento na Rua Direita, estavam disponíveis, "gottas anti-cholericas".

MOREIRA, GASPAR GODOY: Bandeirante, falecido em 1714. Em 1689, comprou a propriedade de Francisco Dias, onde hoje está a Casa da Imagem (Casa Número 1).

MOREIRA, Leonidas

MOSTEIRO DA IMACULADA CONCEIÇÃO DA LUZ: Bibliografia: BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

MOSTEIRO DE SÃO BENTO: A Ordem de São Bento chegou em São Paulo no ano de 1598. A primeira abadia foi fundada pelo Frei Maurício Teixeira. A ermida foi erguida na aldeia do Chefe Tibiriçá. Bibliografia: BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

MOTA, Antonia Benedicta da

BENEDICTO MOTTA: Guarda da Faculdade de Direito (1896 / 1897).

MOTTA, Diogo Nuno da (Coronel)

MOTTA, JOÃO FRANCISCO DA: Guarda da Faculdade de Direito (1896/1897).

MOTTA, FRANCISCO: Guarda da Faculdade de Direito (1896/1897)

MOURA, ANTÔNIO MARIA DE: Padre que morou em uma edificação onde hoje está localizada a Casa da Imagem (Casa Número 1) e morreu em 1842.

MOURA, JÚLIO MARIANO GALVÃO DE: Em 1855 era proprietário do terreno e edificação onde hoje está localizada a Casa da Imagem (Casa Nùmero 1), e nela instalou o Colégio Ateneu Paulistano.

MÜLLER, DANIEL PEDRO: Responsável pelo projeto do chafariz e Pirâmide/Obelisco dos Piques (1814). Dirigiu o Gabinete Topográfico quando este foi inaugurado em 2 de fevereiro de 1835. Projetou o Hospital da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, inaugurado em 30 de junho de 1840.

MUSEU DE ARTE SACRA / MOSTEIRO DA IMACULADA CONCEIÇÃO: Sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91 (tombamento "ex-officio").

Museu do Tribuna de Jistiça (Palacete Conde de Sarzedas)

 


letra LMletra N


 

 

verbetes individuais

[clique nas letras para acessar a listagem de verbetes disponíveis]

 

A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

 

 

história do centro de são paulo: cronologia

Informações sobre a história do Centro de São Paulo organizadas por séculos e divididas por décadas para facilitar a pesquisa.

[+] leia mais

história do comércio do centro de são paulo

Informações sobre estabelecimentos comerciais, bancários, educacionais e outros relacionados ao setor terciário, que existiram no Centro de São Paulo, assim como, estabelecimentos históricos que ainda funcionam na região.

[+] leia mais

dicionário online sobre o centro de são paulo

Verbetes sobre o Centro de São Paulo: moradores, estabelecimentos comerciais, edificações, entre outros.

[+] leia mais

história dos logradouros do centro de são paulo

Informações sobre os logradouros localizados no Centro de São Paulo, incluindo os que desapareceram com as alterações urbanas realizadas desde a fundação da cidade.

[+] leia mais

biblioteca online sobre o centro de são paulo

Indicações de livros, artigos, sites, vídeos sobre o Centro de São Paulo.

[+] leia mais

patrimônio cultural do centro de são paulo

Informações sobre bens tombados, legislação, tombamento do Iphan, Condephaat e Conpresp. Notícias sobre os bens tombados. Projetos de requalificação urbana e preservação do patrimônio cultural tombado.

[+] leia mais

home            sobre o moyarte            contato